20/02/2009

Quais são as piores adaptações cinematográficas do século?


Houve um tempo em que adaptações dos quadrinhos para o cinema eram algo raro de se ver. Por isso mesmo, o lançamento de Superman – O Filme em 1978 e de Batman em 1989 foram verdadeiros acontecimentos de massa, que mobilizaram fãs por todo o mundo. Nos últimos tempos, porém, com os avanços dos efeitos visuais e a descoberta pelos estúdios de Hollywood do potencial mercadológico dos super-heróis, mais e mais produções têm se sucedido. Além disso, para grandes editoras como a Marvel e a DC, ter seus personagens estrelando longas-metragens de sucesso tornou-se uma importante fonte de renda. Mas, como era de se esperar, a pura exploração comercial e a ganância desenfreada não são receitas para obras de qualidade. Quem sobreviveu aos dois filmes do Batman dirigidos por Joel Schumacher talvez não imaginasse que se pudesse fazer produções milionárias ainda piores que aquelas. Contudo, alguns filmes dos últimos dez anos conseguiram essa façanha.

Segue então minha lista com as que considero as piores adaptações para o cinema da última década ou deste século, se preferirem (inicialmente, minha lista tinha apenas cinco filmes, mas outros acabaram tendo que ser incorporados).

1. A Liga Extraordinária (para mim a pior adaptação de todas, pois conseguiu pegar um quadrinho muito bacana, distorcê-lo, diminuí-lo e enxertá-lo, dando origem a puro e simples lixo cinematográfico. Sean Connery merecia coisa melhor!).

2. The Spirit (Frank Miller achou que estava fazendo um filme de Sin City e acabou deturpando completamente o espírito da obra-prima de Will Eisner).

3. X-Men Origens: Wolverine (tão ruinzinho que nem merece ser chamado de filme, mas sim de mero caça-níqueis de Hollywood).

4. Mulher-Gato (nem assisti, mas todo mundo fala tão mal que realmente tenho mais o que fazer e meu dinheiro não é capim. Além disso, as cenas que vi da Halle Bery vestida de Mulher-Gato só me deram saudades da Michelle Pfeiffer e seu inesquecível “miau!” em Batman - O Retorno).

5. Superman - O Retorno (um filmeco que jamais deveria ter sido feito).

6. Hulk (Ang Lee podia ter feito algo melhor do que uma bola verde saltitante, que mais parece o Geléia dos Caça-Fantasmas depois dos esteróides).

7. Elektra (tão chato que não consegui passar dos dez primeiros minutos).

8. Demolidor (o ator Ben Affleck deve ter ficado feliz em interpretar seu super-herói favorito, mas acho que só ele gostou desse filme).

9. Quarteto Fantástico (história, elenco e produção fraquíssimos. Ainda bem que assisti a isso de graça, na tevê).

10. Homem-Aranha 3 (falta história e sobram vilões. Ainda bem que também assisti de graça na tevê).

Fico aguardando os comentários de vocês com suas listas das piores adaptações dos últimos dez anos. Não deixem de participar!

16 comentários:

Cinthya disse...

Não podemos nos esquecer do filhote de "O Demolidor": "Electra". Não consegui terminá-lo, de tão chato.

Wellington Srbek disse...

Sim, você tem razão, Cinthya, Elektra é chato mesmo! Passou esses dias na Globo e não consegui passar da primeira parte. Esse filme só não entrou na minha postagem pois optei por uma lista curta. Se tivesse optado por uma lista de dez filmes, eu teria que incluir também o Homem-Aranha 3, X-Men: O Confronto Final, Superman: O Retorno (se eu tivesse assistido) e talvez até Batman: Begins (que é uma colcha de retalhos cinematográfica nada original).
Valeu pela participação!

Paulo Muzio disse...

Bom, aí vai a minha lista:

1 - Hulk - Concordo com você... um lixo.
2- Geração X - Uma espécie de X-men de baixo orçamento. Passa de vez em quando na Sessão da Tarde ou no SBT
3- Liga da Justiça - no mesmo estilo do Geração X, só que dessa vez com os heróis da DC.
4-Spawn - eu me lembro que na época os quadrinhos do Spawn era um marco revolucionário das HQs de heróis... mas o filme... hum... MacFarlane provou que o negócio dele é vender bonecos.
5- Batman, O Cavaleiro das Trevas - Pra mim esse filme foi tão ridículo quanto o álbum Chinese Democracy do Guns and Roses. Muita propaganda, muito oba-oba, e a obra final não passa de um feijão com arroz sem-vergonha. E ai de quem criticar a interpretação do póstumo Heath Ledger. Enfim... ridículo. E sempre sinto que vou ser linchado ao falar mal deste filme. Mas para quem realmente lê Batman, o filme é uma bosta. Mas é claro que não é pior do que a leitura de Joel Schumacher do herói.
5-

Paulo Muzio disse...

Bom, já que detonei alguns acima, resolvi postar sobre adaptações quadrinísticas que achei boas. Então, aí vai o Top 5 das melhores:

1- Sin City
Não é uma adaptação... é simplesmente o quadrinho na telona.

2- 300
Bom, dobradinha do Frank Miller, porque ele merece

3- Asterix & Obelix
Divertido como os quadrinhos. Ótimos atores.

4- Superman 2
As cenas de luta foram as únicas que realmente lembravam batalhas de quadrinhos por décadas. E olha que naquela época os efeitos especiais eram muito limitados. Era tudo feito na raça.

5- Tô aqui quebrando a cabeça para encontrar um quinto filme. Ainda não assisti Homem de Ferro, mas andam dizendo que é bom.

Wellington Srbek disse...

Olá Paulo,
Concordo com você sobre Spawn, mas tenho que fazer uma observação: a lista é para ser de filmes dos últimos dez anos, filmes "deste século", porque Spawn é mais antigo (aliás, você precisava ver a crítica que escrevi para um jornal quando esse lixo dos lixos foi lançado).
A verdade é que se a lista não tivesse um limite temporal, haveria produções que ganhariam disparado das que apontei, como o tétrico filme do Monstro do Pântano e um filminho horroroso que fizeram com o Capitão América.
Além disso, discordo total e completamente do que você falou de Batman - O Cavaleiro das Trevas.
Mas o legal também é a discussão e a exposição de diferentes opiniões.

Wellington Srbek disse...

Se fosse fazer uma lista das cinco adaptações que mais gostei, elas seriam:

1. Superman - O Filme.
2. Batman - Returns.
3. Akira.
4. Batman - O Cavaleiro das Trevas.
5. X-Men 2.

O primeiro filme do Asterix também é bem legal. Ainda não assisti Homem de Ferro, Sin City e 300 (mas este último me pareceu bem ruinzinho). Vamos ver o que será de Spirit e Watchmen.
Abraço!

flávio disse...

Internet é isso. Todo mundo pode dar a sua opinião sem ninguém reclamar - pois tem o mesmo direito de dar a sua própria opinião em resposta. Não imaginava ler algum dia alguém falando mal de Sin City ou Batman Begins.

HA3 e X3 são piores que Hulk e Elektra, por estragarem tudo de bom que tinha vindo antes.

Demolidor, por outro lado, é pra mim uma das três melhores adaptações de quadrinhos dos últimos anos, ao lado de TDK e Marcas da Violência.

Wellington Srbek disse...

Sim, Flávio, o espaço é aberto às opiniões dos leitores do blog e meu principal objetivo ao fazer uma postagem como esta é realmente conhecer as opiniões dos leitores.
Mas é importante termos em mente que há uma diferença entre "opinião" e "análise crítica". Esta última acontece no caso de um texto mais embasado, feito por quem estuda o tema em questão e que, portanto, não expressa apenas seu gosto pessoal. É isso que tento fazer aqui quando escrevo análises e resenhas de quadrinhos (o que não é o caso desta postagem sobre as adaptações cinematográficas).
Em postagens como esta, sempre deixo claro que é uma listagem opinativa, mais baseada no gosto pessoal de cada um.
Concordo com você sobre os terceiros filmes do Homem-Aranha e dos X-Men, por serem ruins e por terem estragado os filmes anteriores (foi o que aconteceu, por exemplo, nos anos 80 com o segundo filme do Highlander, que simplesmente destruiu o primeiro).
Quanto a Batman Begins, minha resenha do filme (embasada e justificada) pode ser lida clicando no marcador Batman Filme.
Quanto a Sin City, ninguém falou mal desse filme.
Valeu pela participação!

vagnerfranc@gmail.com disse...

Fala, WS, tudo bem? Pra mim o top five mortal seria: 1) Batman & Robin; 2) O Sombra; 3) Superman - O Retorno; 4) Demolidor; 5) Motoqueiro Fantasma. Não necessariamente nessa ordem. Ahhh, 5,5) Quarteto 2. Abraço!!

Wellington Srbek disse...

Olá Vagner!
Estava mesmo esperando alguém citar o Motoqueiro Fantasma - que eu ainda não assisti, mas que suspeito não ser lá muito bom (me parece a mesma fórmula do Demolidor, onde o filme tem mais a ver com um ator de Hollywood que quer interpretar seu herói favorito do que com qualquer outra coisa).
E o QF2 realmente conseguiu superar negativamente o primeiro.
Grande abraço!

Amalio Damas disse...

Fugindo alguns milímetros do assunto, já temos por aí, nos Estados Unidos, um terceiro filme do Justiceiro, que só Deus e as distribuidoras sabem quando chegará ao Brasil, mas pra mim, dois filmes do Justiceiro já haviam sido produzidos com enorme sucesso em 1974 e 1982, com Charles Bronson no papel principal. Estou falando do arquiteto Paul Kersey, dos filmes Desejo de Matar e Desejo de Matar II. Quem não se lembra da clássica cena onde Kersey persegue alguns bandidos, mata quase todos, fere o último que segura fervorosamente um crucifixo pendurado no pescoço, Kersey pergunta se ele acredita em Cristo. Com a resposta afirmativa do meliante ele responde: "Então, vá conhecê-lo pessoalmente.", disparando sua arma sem piedade. É ou não é o verdadeiro Justiceiro?

Wellington Srbek disse...

Um tanto sádico, mas com toda razão, Amálio!
Aliás, por pior que seja, o personagem do Desejo de Matar é muito mais crível e interessante que o Justiceiro, que era vilão e virou um questionável herói ou anti-herói.
Abraço!

Aline disse...

Esse artigo tinha passado batido! Não falei que não ia dar pra parar em 5?

1 - Eu me lembro pouco do filme da Liga Extraordinária. Só lembro da Mina ser completamente diferente (algo como de lady cheia de pose para completa devassa, bem mais interessante comercialmente). Só isso já tinha me feito odiar o filme, mesmo antes de ler, e ainda mais depois. (o quadrinho é realmente muito bacana)

2 - Nunca li nada da mulher-gato, mas com certeza, o filme é um lixo. Assista a uma comédia romântica enlatada e está aproveitando melhor seu tempo.

5 - Vá, não é tão mau assim... É só "ruim". Eu gosto do cara que fez o vilão.

7 - Nem chamaria de juvenil... Tá mais pra infantil.

8 - Ruim, mas até me diverti assistindo... Se fosse pela cara do Nicholas Cage, que é sempre a mesma cara de paisagem, ele não fazia papel de nada.

10 - Eu até subia ele nesse pódio! Desconexo, muito mal-feito. A única vantagem é a quantidade de piadas que rendeu...

Uma sugestão: comece sua lista do último, deixa o campeão como gran finale!

Wellington Srbek disse...

Ótima sugestão, Aline! Vou adotá-la nas próximas listas.
Mas senti falta da sua lista dos piores filmes.
Abraço!

wagner disse...

Batman Begins e Batman o Cavaleiro das Trevas,além de não ter cenas de ação, o roteiro é mediocre.

Wellington Srbek disse...

Olá Wagner,
Realmente, Batman Begins tem um roteirozinho bem vagabundo. Só não concordo em relação à Dark Knight.
Abraço!