31/03/2010

Memórias Póstumas de Brás Cubas (finalizada!).


É com alegria que anuncio que J.B. Melado e eu finalizamos nossa adaptação de Memórias Póstumas de Brás Cubas e já enviamos as páginas para avaliação editora. Ainda falta a ilustração da capa, mas ao ver as 78 páginas do álbum com os desenhos, cores e texto prontos, a sensação é realmente de trabalho concluído. E mais que isso, é a sensação de um trabalho bem feito, com uma narrativa diversificada e desenhos muito gostosos de ver.

Como era a intenção desde o início, o resultado de nosso trabalho não é uma HQ paradidática ou uma transcrição literal da obra de Machado de Assis. Para mim, o que produzimos é um álbum de quadrinhos fiel ao espírito do clássico machadiano, que traz todos os momentos fundamentais da história e que busca a tradução narrativa dos elementos estilísticos do texto machadiano, com sua metalinguagem, sua ironia e sua fluidez.

Assim, completando a sequência de prévias do álbum, publico a versão final da página 49, onde Brás Cubas se encontra com seu amigo de infância Quincas Borba (quem acompanha este blog já pôde ver, em postagens anteriores, a mesma página no lápis, na arte-final e nas cores). Espero que curtam essa pequena amostra do trabalho, e agora é esperar que a adaptação chegue às livrarias, na edição do selo Desiderata da editora Agir do Grupo Ediouro.

15 comentários:

Caio Murdock disse...

Parabéns pelo trabalho, mesmo. Tenho acompanhado as outras postagens sobre esse trabalho, e acho que posso, ao contrário do que muitos pensam, me orgulhar de nosso geito de fazer quadrinhos. Sou um aspirante a quadrinista, e é gratificante ver trabalhos como esse serem produzidos.

Parabéns, sucesso, e até a próxima!

Wellington Srbek disse...

Obrigado, Caio!
Como eu costumo dizer, os quadrinhos brasileiros não deixam nada a dever aos quadrinhos feitos em outros países. O que nos falta é apoio dos editores. E quando temos oportunidade, costumamos mostrar que merecemos muito mais espaço do que temos nesse mercado colonizado.
Abraços e boa Páscoa a todos!

Cláudia Dans disse...

oi Wellington!

O trabalho ficou Lindo!!! Você e o Melado estão de parabéns! E espero que esse álbum não demore muito para chegar às livraria! porque estou morrendo de curiosidade!
rsrsr

Abraços e sucesso!

Wellington Srbek disse...

Olá Cláudia,
Também espero que a publicação não demore! Para mim, esse trabalho começou no segundo semestre de 2008, então você pode imaginar o quanto eu quero vê-lo enfim impresso...
Abraço e obrigado!

Aline disse...

Olá, Wellington!!

Parabéns pelo trabalho! Mal posso esperar pra conferir, pois Memórias Póstumas é minha obra preferida do Machado e, como você já sabe, admiro muito seu trabalho! Os rascunhos estão o máximo, deixam a gente morrendo de curiosidade.

Abraços!

Wellington Srbek disse...

Menina, mas você sumiu! Como vão as coisas? Espero que tudo bem!
Valeu pelo comentário. O trabalho agora está lá na editora. Vamos aguardar para ver quando o álbum sairá.
Abraços e não suma!

Anônimo disse...

Ficou incrível! Dispensável outros comentários, pois todos sabemos o quanto tá legal este trabalho! Parabéns pra vc e pro Melado!

Renata

Wellington Srbek disse...

Obrigado, Renata! Legal que você tenha gostado dessa pequena amostra. Vai dando cada vez mais vontade de que o álbum saia logo e todos possam conhecer o trabalho completo. Vamos torcer para que não demore! (Bom, eu esperei 3 anos para conseguir lançar o Estórias Gerais, então acho que não será tão difícil esperar alguns meses para ver o MPBC nas lojas...)
Abraço!

I'm a Rock disse...

Parabéns Wellington!!! Com certeza vou ficar feliz em ver chegar nas livrarias e bancas esse trabalho, acompanhei entrevistas e textos sobre o processo.

Passei aqui também para dar o recado de um e-mail que recebi hoje. É sobre um evento que ocorrerá na FALE/UFMG, dia 12/04:

http://www.quadrinho.com/cpq/wp-content/uploads/2010/04/cartaz_web.jpg

Grande Abraço. Victor da A.T.U.M.

Wellington Srbek disse...

Olá Victor,
Inicialmente eu tinha dúvidas quanto a divulgar a adaptação do Memórias Póstumas aqui no blog, considerando que o trabalho ainda estava em processo de produção, mas isso acabou provando ser uma boa decisão, pois despertou o interesse de muitas pessoas e tem rendido vários comentários.
E assim que eu tiver uma data para o lançamento, divulgarei aqui também.
Abraços!

sergio disse...

olá Wellington, como vai velinho?!Blz? Já Leu o Arzach que te vendi? hahaha Quanto tempo heim? Aqui, te desejo muito sucesso para este trabalho, sabemos que vai dar tudo certo. E como diria um certo sindicalista a tempos atrás: "A luta continua.." hahaha
grande abraço
Sergio

Wellington Srbek disse...

Olá Sérgio,
Por aqui tudo beleza!
O Arzach eu li há muito tempo uma edição menor que eu já tinha aqui. O exemplar maior e mais completo que comprei de você eu estou guardando para fazer um texto aqui pro blog - assim como estou guardando o fantastico Urm do Druillet, que consegui com meu amigo Ismael.
Valeu pelos votos de sucesso! O trabalho no MPBC está na reta final agora, e o Melado está trabalhando na capa e nas ilustrações complementares.
Abraços e inté mais!

Giordanio de Souza disse...

Oi Wellington,

vi uma entrevista sua na bienal do livro de minas. Essa adaptação de Brás Cubas é o máximo, estou fazendo uma pesquisa sobre ela em minha dissertação.

Abraços.

Wellington Srbek disse...

Que bacana, Giordanio! Depois dê mais notícias sobre sua pesquisa.
Já que gostou de MPBC, aguarde a adaptação de DOM CASMURRO que estou produzindo agora - os desenhos estão ficando lindos!

Berzé disse...

Oi Wellington,Melado!
Velho Melado de outros tempos e dos de agora!
Parabéns!!!Pro Wellington também!
Berzé