07/01/2013

20 anos de quadrinhos independentes!


Como eu disse aqui, em outra postagem, 1993 foi “um ano ímpar” por vários motivos. Para mim, em especial, foi meu ano de estreia como editor independente. Como expliquei naquela postagem:

Foi em março daquele ano que lancei minha primeira publicação: um fanzine em xérox e formato ofício, com quadrinhos e matérias, feito em parceria com o desenhista Erick Azevedo. Era o artesanal Replicantes, que teve apenas dois números, o primeiro em março daquele ano e o segundo em junho do ano seguinte. Apesar de suas limitações e até mesmo precariedade, essa primeira experiência editorial despertou em mim o gosto por publicar meus quadrinhos (o que eu voltaria a fazer em 1995 com o fanzine Ideário e nos anos seguintes com as revistas Solar e Caliban).

Agora em 2013, portanto, completam-se 20 anos de minha primeira experiência como editor de quadrinhos, e ando pensando muito em lançar algo, mesmo que seja uma edição simples para marcar a data, ou talvez até mesmo retome de vez a aventura independente. Quem sabe... Vamos ver o que este novo "ano ímpar" nos reserva.

Por ora, aos colegas e leitores de quadrinhos, independentes ou não, meus votos de boa sorte ao longo de 2013!

4 comentários:

Lillo Parra disse...

Parabéns meu amigo! Vinte anos separam essa edição xerocada de edições como Nikopol, Corto Maltese e a coleção Moebius. Foi seu talento, dedicação e perseverança que tornaram isso possível. E que venha muito mais!!!

Wellington Srbek disse...

Valeu, meu velho!
Algo que aprendi nesses 20 anos é que valeu correr o risco de viver meu sonho. Então, vamos em frente ver o que nos reserva este 2013...

Ederson Cruz disse...

É sempre revigorante conhecer um pouco do início de um profissional da área de quadrinhos. Isto sem sombra de dúvidas acaba renovando a própria história e seus objetivos de crescer no trabalho, e aprender cada vez mais, melhorando seus conhecimentos.
20 anos é um largo tempo que considero respeitável, por tantos dias que você teve em aprendizados, parabéns e que neste ano você continue nos surpreendendo.

Abraços e que venha mais sucesso a todos nós! =)

Wellington Srbek disse...

Sem dúvida, Ederson, foram 20 anos de muito trabalho e aprendizagem! Buscando melhorar e fazer algo diferente de quadrinho em quadrinho.
Abraços!