30/04/2010

Quais as melhores atuações / caracterizações em filmes de super-heróis?


Já propus algumas listas opinativas aqui no Mais Quadrinhos e elas sempre rendem vários comentários de vocês que acompanham o blog, o que é sempre muito legal! Então, aproveitando a estreia no Brasil de Homem de Ferro 2, bolei uma nova pergunta para saber a opinião de vocês. Convido a todos então para postarem um comentário com sua lista das atuações e/ou caracterizações preferidas em filmes de super-heróis. Vocês podem, é claro, aproveitar para comentar a minha lista ou a de outros leitores, especialmente se não concordarem com algo, pois um pouquinho de discussão é sempre divertido. Minha lista é a seguinte:

1. Patrick Stewart (X-Men – O Filme e X-Men 2): tendo uma aparência ideal para o papel, nos dois primeiros filmes dos heróis mutantes o ator inglês está perfeito como o Professor Charles Xavier. Para mim, sua atuação é a melhor versão do personagem, incluindo os quadrinhos.

2. Christopher Reeve (Superman – O Filme): se ficasse simplesmente parado, vestido na fantasia colorida do Super-Homem, o ator norte-americano já seria a melhor encarnação do personagem. Mas se sua caracterização do Homem de Aço é perfeita no clássico de 1978, sua atuação dupla como Kal-El e Clark Kent consegue a façanha de convencer que uma troca de roupa e uma mudança de postura seriam capazes de esconder a identidade secreta de um super-herói.

3. Heath Ledger (O Cavaleiro das Trevas): é quase unânime a opinião de que o ator australiano realizou a mais impressionante encarnação que o Coringa já teve, sendo o ponto alto do segundo filme do Homem Morcego dirigido por Christopher Nolan. Ele só não ocupa um lugar melhor em minha lista por ter mais reinventado do que propriamente encarnado o personagem dos quadrinhos.

4. Hugh Jackman (X-Men – O Filme e X-Men 2): embora não seja baixinho nem mal-encarado, o ator australiano ficou bem convincente como Wolverine nos dois primeiros filmes dos heróis mutantes. E se sua carreira deve muito a esse papel, grande parte do carisma dos dois filmes dirigidos por Bryan Singer se deve à sua presença.

5. Michelle Pfeiffer (Batman – O Retorno): eu já era fã desde O Feitiço de Áquila, e ao vê-la vestida naquela fantasia de Mulher-Gato... O segundo filme do Batman dirigido por Tim Burton é bem legal. Mas se não fosse, ele já valeria a pena pela vilã mais linda dos filmes de super-heróis e seu delicioso “miau”.

20 comentários:

Jaison disse...

Bem, os 5 atores não deixaram a desejar. Eu acho que os critérios aqui seriam o personagem em si, o ator e a maneira que o personagem foi trabalhado na película em detrimento à HQ. Até o Jocker interpretado pelo Ledger, a Michelle era a minha preferida. Mas o tempo de preparação e a qualidade do Dark Knight, pesaram demais para uma atuação super marcante do Heath Ledger. Alguem vai ter que suar demais para superá-lo. E de pensar que uns meses antes, estavam debochando dele no papel.

Wellington Srbek disse...

Eh, o cara realmente mergulhou no papel, tanto que lhe custou a vida, ao que parece.
Valeus, Jaison!

Do Vale. disse...

Essa tua lista tá perfeita. Acho que Robert Downey Jr. ficaria em um quinto lugar e meio por Tony Stark. :D

Wellington Srbek disse...

Concordo! Especialmente no primeiro Homem de Ferro ele ficou ótimo como Tony Stark. E só não o coloquei na lista, porque a Mulher-Gato da Michelle Pfeiffer é inesquecível.
Valeus!

Cíntia Nogueira disse...

Bem, gostei da sua lista, mas tiraria a Michelle Pfeiffer da minha, apesar de eu ter gostado de Batman o retorno, e da persongem dela e o famoso miau, não acho ela uma encarnação que respeita o quadrinho, 1- a mulher gato nos quadrinhos tem os cabelos pretos e olhos verdes como uma raça de gato que não lembro o nome, e a Michelle era loira, simplesmente não vejo uma mulher gato loira, outra no filme do Tim Burton, era bem maluca, a nível de viver no Arkan, os vilões do batman são quase todos malucos, mas a mulher gato não, ela é simplesmente uma ladra esperta sem aquela carga de problemas psicológicos que a maioria dos vilões tem. Bem, como garota, talvez os encantos dela não me afetou.

Cíntia Nogueira disse...

Deixa eu corrigir o meu português...
Bem, como garota, talvez os encantos dela não me afetaram.

Wellington Srbek disse...

Olá Cíntia,
Você tem razão quanto a descrição, mas neste caso o Coringa do Ledger também teria que sair, né, pois o Coringa dos quadrinhos tem pele branca, em vez de usar uma maquiagem como aparece no filme.
De qualquer forma, no meu caso, os encantos dela neste filme fizeram e continuam fanzendo efeito, então...
Valeu!

Cíntia Nogueira disse...

Bem, não acho que o Coringa deva sair não, eu adoro o personagem dos quadrinhos, é meu vilão preferido, mas o fato de não ter a pela realmente branca, foi uma forma de deixar o vilão mais realista e crível, e de qualquer ele usou maquiagem não? tinha o cabelo verde? Não é? o fato de ser falso não muda a caracterização,de pele branca e cabelo verde, sem contar que a personalide do Coringa de Heath Ledger, me lembra bastante a dos quadrinhos, pelo menos das histórias que eu mais gosto ( faltou um pouco do humor leve e dos ferramentas de palhaço, mas isso nunca foi o que mais notei). Outra o visual em si, me lembra muito o coringa da História Asilo Arkam.

Wellington Srbek disse...

Mas aí poderíamos fazer as mesmas ressalvas para a Mulher-Gato da Michelle. Porque o Coringa do Ledger é tão diferente dos quadrinhos quanto ela.
De qualquer forma, acho que os dois são ótimas interpretações e caracterizações, que mesmo fugindo um pouco dos quadrinhos merecem estar na lista.

Cíntia Nogueira disse...

Acho que não entendeu o que eu disse, eu não acho o coringa de Ledger tão diferente do coringa dos quadrinhos, acho os dois muito parecidos, tanto no visual quanto na personalidade ( como exemplo coloquei o coringa da revista Asilo Arkam). Já a mulher gato da Michelle é diferente, tanto no físico ( a cor do cabelo que eu acho é negro por causa daquele gato negro de olhos verdes) quanto na personalidade, ( a loucura, que eu me importo mais que físico), quanto na história. Veja bem é uma personagem bem legal a dela, mas não parece com a dos quadrinhos.

Wellington Srbek disse...

Eu entendi, Cíntia, só não concordo. Para mim, o Coringa do Ledger e a Mulher-Gato da Michelle diferem dos quadrinhos (o que não faz deles versões ruins). Ambos recriaram elementos dos personagens que não estão nos quadrinhos. Não existe nenhum Coringa nos quadrinhos igual ao do Ledger.
Abraço!

Aline disse...

Olá, Wellington!
Gostei da lista, principalmente do Heath Ledger e do Hugh Jackman. Quanto à Michelle Pfeiffer, tendo a concordar mais com a Cíntia! E acho que o coringa do Jack Nicholson também merece reconhecimento, apesar de ser bem diferente do Coringa do Cavaleiro das Trevas...
A minha adaptação preferida mesmo (talvez movida por uma overdose de nostalgia) não é de um "super" herói, mas eu me atreveria a incluir na lista... Speed Racer! A atuação não tem nada de grandioso, mas a caracterização ficou impecável, na minha opinião. Mas aí já é fugir do assunto!

Wellington Srbek disse...

Olá Aline,
Legal que apareceu de novo por aqui! Espero que esteja tudo legal com você.
Ah, o Coringa do Jack Nicholson foi muito marcante e parecia insuperável na época. Mas realmente gosto da Mulher-Gato da Michelle e mesmo do Pinguim do Danny DeVito, embora fujam aos personagens dos quadrinhos. E acho que vou ampliar essa lista...
Speed Racer eu não assisti ainda.
Grande abraço!

Flávio Túlio disse...

Olá Wellington. Gostaria de aproveitar esse tópico pra também falar das caracterizações de personagens de quadrinhos que decepcionaram no cinema. Pra mim, a mais emblemática é a de James Paul Marsden como Ciclop nos filmes dos X-men. Como já foi discutido, essas adaptações dificilmente ficarão 100% fieis às revistas, mas o que fizeram com o Scott Summers nos 3 filmes dos mutantes foi imperdoável. De líder dos X-men e um dos personagens principais, foi reduzido a um mero "playboyzinho coadjuvante". Colocaram até elementos de sua personalidade no Wolverine pra ajudar a transformar o baixinho invocado em protagonista. Pra mim isso deturpou uma das principais características dos alunos do professor Xavier, que é a de resolver tudo em equipe, e não depender de um único herói que resolve tudo no final.

Wellington Srbek disse...

Bem lembrado, Flávio! E nessa linha, não dá para esquecer o recente Nick Fury do Samuel L. Jackson, que não tem o temperamento nem uma aparência sequer próxima do personagem dos quadrinhos.
Valeus!

Wellington Srbek disse...

Pensando em ampliar esta lista, poderíamos realmente incluir o Robert Downey Jr. como Homem de Ferro e o Jack Nicholson como Coringa em Batman - O Filme, e creio que também o Noturno em X-Men 2 (aquele sequência inicial com ele é fantástica) e o Rorschach de Watchmen - O Filme (talvez a única coisa boa em todo aquele filminho).

Anônimo disse...

Gostei da lista e concordo, em aumentar e incluir Robert Doney Jr, mas se não estivéssemos falando só de super heróis, e falássemos de outros tipos gerais, acho que o Arnold schwarzenegger em Conan O Barbaro estaria entre os primeiros, e claro que nem devemos lembrar a presepada do "Batman e Robin" com George Clooney e outras estrelinhas da época, em que Arnold fez o papel de
Mr. Freeze, totalmente esquecido descartado depois de "Begins" e "The Dark Knight"

Fernando Tadeu Tavares França disse...

desculpa o anônimo sou eu
http://tadeufranca.blogspot.com/

Wellington Srbek disse...

Valeu por se identificar, Fernando, inclusive porque tenho por regra não responder a comentários anônimos.
Mesmo não sendo um super-herói, foi bem lembrado a atuação do Arnold no primeiro filme do Conan - alias, o fato de ele não falar inglês direito na época até ajudou na caracterização.
Abraço!

Wellington Srbek disse...

Voltando a tratar desta lista, algo que se pode dizer é que ninguém do horroroso filme Kick-Ass merece estar nela...