27/03/2009

O retorno de SOLAR!


Criado por mim em 1994, o personagem Solar apareceu originalmente numa série de 14 capítulos, publicados entre 1996 e 1998 nas revistas Solar e Caliban. Tendo marcado lugar na produção independente dos anos 90 e sendo um conceito original entre os heróis brasileiros, o personagem merecia uma reformulação. É isso que vemos em Solar: Renascimento, revista que traz as quatro primeiras partes da nova versão, com roteiros mais centrados no herói e um visual bastante detalhado. Os desenhos e arte-final foram produzidos por Rubens Lima, as letras e balões ficaram a cargo de Dênio Takahashi.

Para quem leu a primeira versão do personagem, este é um novo começo (do zero). Para quem ainda não o conhecia, esta é a história de um herói com poderes extraordinários, mas que não é exatamente um super-herói (afinal, ele não usa uma fantasia colorida e não sai por aí trocando socos com super-vilões). O que vemos nessa nova revista é o surgimento de um herói cultural, numa aventura iniciática com ação, elementos da vida real, referenciais históricos e simbologia mítica.

Tudo começa num passeio a uma gruta, onde pinturas rupestres de um deus-Sol levam o designer Gabriel Ribeiro a uma experiência xamanística. Como resultado, ele acaba descobrindo que é capaz de voar. A partir daí, acontecimentos fantásticos passam a fazer parte de sua vida, enquanto Gabriel busca a explicação para seus poderes. A chave para o mistério pode estar em seu próprio nascimento e no símbolo do Sol tatuado em seu peito. Mas o caminho para o autoconhecimento acaba levando o herói a um encontro mortal!

Solar: Renascimento tem formato 24cm x 17cm, 48 páginas de quadrinhos, pelo preço de R$5,00. Para adquirir a revista pelo correio, basta postar um comentário aqui deixando seu contato ou enviar um e-mail para wellingtonsrbek @ ig.com.br. Você receberá então uma resposta minha, com os dados para realizar o pagamento e o prazo de envio da revista.

Uma seção de extras com detalhes de como a revista foi produzida já está disponível no saite Mais Quadrinhos. Lá, você encontrará ainda “A Saga de Solar”, uma seção especial que narra toda a trajetória do personagem, desde sua versão original até esta versão reformulada.

Não deixe então de conferir nosso trabalho e fazer seus comentários aqui no blog. Grande abraço!

20 comentários:

Wesley Viana disse...

Não vejo a hora de ler o novo Solar.

Wellington Srbek disse...

Caro Wesley,
A revista ficou bacana e você faz parte da história dela, pois o que me disse certa vez sobre o Solar foi um importante incentivo para que eu seguisse em frente com o projeto desta reformulação. Acho que você vai gostar da nova versão.
Grande abraço!

Analises Sintáticas da Realidade disse...

Achei a ideia bem original, não conhece o personagem, mas tem tudo para ser uma odisséia - os elementos místicos e pessoais, conflito psicologicos no melhor estilo kafkaniano.
visetem meu blog: analisessintaticasdarealidade.blogspot.com

Wellington Srbek disse...

Olá "Análises",
Sim, a HQ explora bem a questão mítica envolvendo a simbologia do Sol e sua ligação com a cultura humana. Mas não num estilo kafkaniano e sim junguiano.
Grande abraço!

Julio Shimamoto disse...

Gostei muito de "SOLAR", caro Srbek!
O seu roteiro bem construído leva-nos para uma aventura dinâmica do "anjo" Gabriel, que voa sem asas, não usa cueconas
ridículas, e tampouco capas circenses espalhafatosas, mas nem por isso nos deixa menos empolgados e envolvidos com suas ações de fazer o bem, já assim determinado pelo místico DNA do pai índio!
E Lima, seu parceiro valorizou com seu talento e garra dando qualidade gráfica ao seu projeto. Meus parabéns!
Abração!
Shima

samam disse...

Fala rapaz, tranquilo? Curti o teu blog, adoro quadrinhos e tal! To seguindo ele agora e aí se tu puder dar uma força no meu blog e segui ele tb, demoro?

abraço ae!

Wellington Srbek disse...

Valeu, Shima! Suas palavras já valeram o trabalho e investimento no retorno de SOLAR!
Grande abraço, mestre!

Wellington Srbek disse...

Olá Samam,
Não sigo nenhum blog, cadastrado, mas pode deixar que vou conferir o seu. Abraço!

r. frank disse...

Olá meu amigo,
Fico felicíssimo em ver como seus trabalhos se fazem cada vez mais pertinentes e belos ao decorrer da caminhada.
Seus ensinos me foram marcantes e levarei isso sempre comigo.

Parabéns por tudo!
Grande abraço!

robert frank
www.quartosinfinitos.blogspot.com
(visite-me e veja que seus ensinamentos estão se desenrolando)

Wellington Srbek disse...

Olá Robert,
Valeu demais pelo comentário! Os cursos de quadrinhos no Centro Cultural têm sido uma das experiências mais gratificantes de minha vida, especialmente por poder conhecer e conviver com pessoas bacanas e criativas como você.
Um dia desses te vi num curtametragem que estava passando na tevê!
Não deixe de ir ao lançamento da SOLAR para batermos um papo. E pode deixar que vou visitar seu blog.
Grande abraço!

Luke Oliver disse...

meus parabéns e sucesso ao Solar... em breve estarei em Belo Horizonte em visita a parentes .. quem sabe a gente não se encontra na Livraria e bate um papo.

Abraço.

Wellington Srbek disse...

Olá Luke,
Obrigado pelos votos de sucesso e grande abraço!

Cinthya Oliveira disse...

Oi, Wellington,
espero que tenha sido um sucesso o lançamento ontem. Voltei a cobrir férias no Hoje em Dia esta semana e estava de plantão ontem, em pleno Axé (argh!). Mas não faltarão oportunidades para ver a nova Solar. Abraço!

Wellington Srbek disse...

Olá Cinthya,
Que bom que voltou ao jornal! O lançamento foi bacana, especialmente pela oportunidade de rever alguns amigos.
Eh, o Axé... Acho que o Axé até atrapalhou o SOLAR um pouco, pois os jornais da cidade ficaram ocupados cobrindo o evento e não deram espaço para um lançamento em quadrinhos...
Abraço!

João Marcos disse...

Olá, Wellington!

Gostei muito, mas muito mesmo da Solar! Você sabe conduzir com muita habilidade o roteiro e a gente sempre fica com vontade de ler mais! Parabéns por mais esse trabalho! Já fico na expectativa para o próximo número e aproveito pra desejar muito sucesso nesse projeto!
Grande abraço!

Wellington Srbek disse...

Olá João,
Que legal que gostou da revista! É sempre bom ter o retorno dos leitores e especialmente de um talentoso quadrinista como você!
Há sim uma continuação para a HQ. O título será SOLAR: Solo Sagrado e, neste momento, das 48 páginas faltam só 8 para serem desenhadas.
Valeu pelos votos de sucesso. Grande abraço!

Wesley Viana disse...

Ei Wellington. Li Solar no mesmo dia em que comprei. Gostei muito realmente. Você utilizou as melhores características e os melhores momentos do primeiro Solar, foi bom saber que o herói não ficou descaracterizado; o que era uma de minhas preocupações. Solar agora tem uma base firme para que novas histórias possam ser construídas. A única coisa que me incomodou foi a vontade de ler mais. Quando será lançada a continuação? Sucesso e vida longa ao Solar!

Wellington Srbek disse...

Grande Wesley!
Ótimo saber que o novo Solar não desapontou! E a ideia era mesmo essa que você falou: criar uma base mais sólida e bem-estruturada, para que novas histórias possam ser construídas.
Rapaz, é muito bom ouvir que SOLAR: Renascimento está deixando esse "gostinho de quero mais". A gente sempre tenta despertar o interesse dos leitores e é muito bom quando consegue! (O triste é que eu nunca consigo despertar o interesse dos editores, pois se algum deles tivesse se interessado por SOLAR, teríamos tranquilamente uma série regular com vários capítulos. Ideias para o personagem não me faltam!)
O Rubens já concluiu seus desenhos para a continuação e só faltam agora 8 páginas que serão desenhadas por um artista convidado (pois elas fazem parte de uma narrativa dentro da narrativa). Se a primeira revista vender rápido, até agosto deve sair a continuação, SOLAR: Solo Sagrado. Se acontecer um milagre, pode sair até antes...
Valeu pelo comentário e grande abraço, amigo!

Luhan Dias disse...

Fala Wellington, beleza?

Rapaz, é com grande prazer que posso falar (para qualquer um) que a revista SOLAR: "Renascimento", é ótima!

Como já havia dito a você em outra ocasião, na maioria das vezes que compro uma HQ nacional e alguém me pergunta se ela é boa, a minha resposta automática é: eu gostei, mas não sei se você vai gostar.

Sabe, por mais que haja alguns elementos bons, elas ainda são (na maioria das vezes) um pouco amadoras, com alguns erros até básicos, então fica difícil de indicar.

E bem agradável poder responder: sim, ela é ótima! Quando me perguntam a respeito da SOLAR (e já o fizeram).

Acho que isso é o mais importante que posso dizer a respeito da revista, ela é um material que se pode indicar de olhos fechados, e isso é difícil de se alcançar, então parabéns a você ao Rubens e ao Dênio pelo excelente trabalho e pelo profissionalismo!

E claro, eu poderia dizer que o ritmo ficou muito bom, que o roteiro ficou bem montado, que os desenhos são excelentes, que a história deixou um gostinho de quero mais, mas pra quê antecipar, é só ler a revista oras!

Bom, já falei demais.
Um abraço! E mais uma vez parabéns!

Wellington Srbek disse...

Olá Luhan,
Rapaz, simplesmente adorei seu comentário! Foi um ótimo presente de Páscoa!
São mesmo coisas assim que justificam todo o trabalho para tornar real uma revista como a SOLAR. E é realmente muito bom ler que você gostou e recomenda a revista. Aguarde que em alguns meses deveremos ter "Solo Sagrado".
Valeu demais pelo comentário e até a próxima!