02/07/2008

Saudades do Arroz Integral!


Conheci Cleuber e o Arroz Integral há dez anos, numa convenção de quadrinhos em Belo Horizonte (MG). Na época, o movimento quadrinístico na cidade passava por sua melhor fase, com autores e publicações surgindo a cada dia. No meio de muita novidade, pastas, portifólios e originais, os desenhos aparentemente mal-acabados das primeiras tiras do Arroz Integral chamaram minha atenção.

Fiel à irreverência e à sinceridade que seriam as bases do underground e do grunge, Cleuber passou a desenhar exclusivamente o Arroz Integral. Nos anos seguintes, ele lançou fanzines, estabeleceu um estilo, reinventou esse estilo, explorou ao máximo o pequeno universo das bandas iniciantes. Com isso, a cada tira e nas HQs de página inteira, ele desenvolveu (quase intencionalmente) uma série original, inteligente e engraçada.

Misturando dilemas e sonhos juvenis, a série Arroz Integral pode ser resumida numa palavra: “nostalgia”. Não exatamente o sentimento definido nos dicionários, mas um certo estado de espírito então cultivado por Cleuber, como sendo: “aquela mesma velha nostalgia de sempre”. Essa característica é percebida em seus melancólicos personagens, que tentam manter a identidade, ao mesmo tempo em que buscam um lugar no mundo do rock.

As aventuras de Crof, Nico e Berly simbolizam uma esperança teimosa: a persistência em produzir quadrinhos no Brasil (sem apoio, nem recursos). E assim, contra todas as probabilidades, Cleuber seguiu retratando novos acontecimentos e revelando faces surpreendentes dos meninos do Arroz Integral. Com o tempo, sua proposta criativa também amadureceu, gerando histórias mais críticas e bem-estruturadas e desenhos mais elaborados e cativantes.

Pela amizade com o autor e por acreditar no trabalho, em 2002 editei e lancei a revistinha O Melhor do Arroz Integral e no ano seguinte O Lado B do Arroz Integral. Com fãs espalhados pelo Brasil, as pequenas edições não demoraram muito a desaparecer. Contudo, devido à impossibilidade de se dedicar profissionalmente aos quadrinhos, Cleuber acabou deixando de lado as tirinhas, HQs.

Para os fãs de Cleuber e do Arroz Integral, os últimos cinco anos sem seus ruídos e rabiscos foram de um silêncio ensurdecedor. Para aqueles que ainda não conhecem as tiras e HQs de Nico, Crof e Berly, restam alguns exemplares disponíveis na loja virtual da Marca de Fantasia. Por hora, fica a torcida para que Cleuber retorne aos quadrinhos e possa lançar novos “discos quadrados” com o Arroz Integral.

10 comentários:

Renata Bergo disse...

Oi Wellington,
Eu também sou fã desses caras do Arroz Integral. Pena que o Cleuber tenha parado de lançar seus "discos quadrados". Vamos ficar na torcida de novos sucessos do trio!
Beijos,
Renata

Wellington Srbek disse...

Estou de dedos cruzados aqui, Rê!
Beijão!

Cleber disse...

É uma pena mesmo... O Cleuber é um cara super talentoso e torço para que volte com as tirinhas. Torço também para que você, Wellington, retome os desenhos que publicava no início da carreira. Eram desenhos muito legais e acho que muitos roteiros poderiam ser desenvolvidos com seus desenhos. Vai aí uma sugestão, que pode ser interpretada também, como uma mardição malígna: Que tal desenvolver para o blog histórias de uma página COM DESENHO SEU...
Uma "histórinha" por semana, em 8 meses, já seria material suficiente para uma nova publicação no bom e velho papel. Quem gostou da idéia levante a mão...

Renata Bergo disse...

Apoiado, Cleber!!!!!!!!!!
Um grande abraço,
Renata

Wellington Srbek disse...

Eh, quem sabe um dia, Cleber e Renata... Por hora, estou é tentando conciliar as atualizações do Mais Quadrinhos, com a luta pela sobrevivência. Não está sobrando tempo nem pra namorar!!! Abraços!

Wellington Srbek disse...

Já que falamos nos meus quadrinhos, o amigo Ismael da Espanha fez uma inspirada resenha para QUANTUM, que vale muito conferir: http://huesodeaceitunayreductoresdecabezas.blogspot.com/2008/06/quantum-y-el-anillo-del-ser.html
!Saludos!

cleber disse...

Que que tu tá fazendo de 00:00 até as 6:00 da manhã caboclo? Não fuja das responsabilidades, minino... Um bracim procê também, Renata.

Wellington Srbek disse...

Muy amigo...
Abraço, Cleber!

Marcus disse...

Grande Srbek !
Não sei se você viu, mas naquele jornal Super de hoje saiu uma tirinha do Arroz Integral, sera uma volta ? Esperemos que sim !

Abraços !

Wellington Srbek disse...

Grande Marcus!
Por coincidência, o Cleuber me ligou hoje para falar da tirinha que saiu no jornal. Ele ainda não tinha visto minha postagem, então espero que tudo sirva de incentivo para ele voltar a desenhar HQs e tiras novas do Arroz.
Mas esse comentário seu também foi uma volta, não é? Pois você andava sumido, Gafanhoto! E os desenhos?
Grande abraço!