16/09/2009

Solar, num desenho marcante do mestre Shima!


Julio Shimamoto é um dos grandes mestres dos quadrinhos brasileiros, um artista cujo trabalho contribuiu e continua contribuindo para o desenvolvimento e a continuidade de nossas HQs. Mas mais que isso, meu querido amigo Shima é alguém que enobrece e engrandece esta tão pouco valorizada forma de arte.

Há alguns dias, veio-me a feliz ideia de pedir-lhe que fizesse um desenho do Solar. Coisa de fã mesmo, que adoraria ver uma criação sua no traço de alguém que admira. Mestre Shima respondeu-me que faria o desenho tão-logo possível. E qual não foi minha surpresa ao receber um empolgado e-mail do samurai de nossos quadrinhos dizendo que havia passado o Solar na frente de outros trabalhos e que no fim daquele mesmo dia o desenho estaria em minha caixa de e-mails. Dito e feito! E mais que isso, como eu disse a Shima, o trabalho saiu muito melhor do que a encomenda! Um desenho muito expressivo, com algo de xilo e uma intensidade visual incrível.

Eu quis então saber como havia sido feito o desenho e o artista explicou-me a singular técnica que empregou em sua realização:

“Cobri um azulejo branco com tinta látex preta para parede, marca Suvinil, e fiz raspagem com espetinho de bambu de churrasquinho para fazer os hachurados, e tirei uma cópia xérox. Limpei o azulejo e repintei de preto novamente. Sobre ele desenhei o contorno de Solar com bico de prego inserido numa lapiseira. Novamente, com o espetinho fui raspando áreas de luz dentro do contorno de Solar, e assim ‘esculpi’ o seu herói. Um autêntico xilo sem usar madeira e nem formões, rêrêrê!... Xeroquei e recortei a figura, e o colei sobre o fundo hachurado. Simples, né?
Abração!”

Incrível, não é? Compartilho então com todos este marcante desenho (não deixem de clicar na ilustração para conferir os detalhes!).

Para finalizar, mais uma vez, muitíssimo obrigado por tudo, mestre Shima!

8 comentários:

sergio disse...

Olá Wellington,
Valeu pela resposta e indicação abaixo. O Alienz eu comprei na sua mão mesmo, porém ele tava na fila de espera de leituras junto com Bone, algumas Kriptas, Ken Parker, alguns álbuns do Miguelanxo Prado que separei e Claustrofobia do Shima. Tava, mas vou dar uma prioridade para ele.
Este desenho foda do Shima até me lembrou do Claustrofobia que ainda não terminei de ler. Uma excelente indicação pra galera que não conhece o trabalho do Shima (gente fora do planeta terra obvio, hahaha)e um bom exemplo de como um desenho pode ser expressivo até as ultimas conseqüências.
Bom, vou terminar por aqui pra não prolongar muito.

Um grande abraço, velinho e valeu!
Sérgio Luiz

Wellington Srbek disse...

Olá Sérgio,
Depois de nossa conversa sobre Física, Filosofia e minha revista QUANTUM, acredito que realmente gostará de ALIENZ!
O Shima, além de um desenhista fantástico, é uma das pessoas mais gentis que conheço. Um verdadeiro cavalheiro, ou samurai se preferirem...
Abraço e volte sempre, meu caro!

Eduardo disse...

MESTRE SHIMA E O QUE HA DE MELHOR,NAO SO COMO ARTISTA MAS TAMBEM COMO SER HUMANO. EXISTEM POUCAS PESSOAS COMO ELE INFELIZMENTE. GRANDE ARTISTA, GRANDE DESENHO, GRANDE CRIAÇAO.
ABRAÇOS.
EDUARDO SCHLOESSER

Wellington Srbek disse...

O Shima é uma pessoa raríssima e um artista que certamente merecia ser mais valorizado. Mas com esse nosso mercado de quadrinhos...
Valeu pela participação, Eduardo!

I'm a Rock disse...

Quanta honra,

cara,

não sei se já negociou espaço, mas consegui stand na VI FIQ,

passe a dica caso saiba de gente que ainda está procurando espaço www.imarock.blogspot.com
para maiores detalhes.

Abraços!

Wellington Srbek disse...

Rapaz, com o lançamento da nova SOLAR e uma reforma aqui em minha casa, acabei não vendo a questão de um espaço no FIQ. O pessoal do 4° Mundo vai ter um stand, mas eu não entrei na "vaquinha", então deverei ficar de fora (depois de uma revista e uma reforma, não sobrou grana extra para isso).
Mas de repente vamos conversar por e-mail e ver se combinamos algo.
Abraços!

Wesley Viana disse...

Desenho lindo do Shimamoto, muita criatividade na realização. E ele ainda diz que foi simples.

Wellington Srbek disse...

O desenho é realmente lindo, Wesley, e eu fico ainda mais admirado quando penso na técnica da Suvinil sobre azulejo... Muito louco!
Abraço!