30/04/2009

SOLAR em resenhas, ensaio e à venda online!


Olá pessoal,
O evento de lançamento foi muito bacana e as primeiras opiniões sobre Solar: Renascimento têm sido ótimas! Se você ainda não adquiriu seu exemplar, a revista já pode ser comprada em algumas lojas de quadrinhos e também pelo correio. Para comprar direto comigo, escreva para: wellingtonsrbek@ig.com.br.

Se preferir uma compra online, acesse a loja virtual da livraria Leitura, que além da Solar tem os melhores lançamentos do mercado brasileiro e várias edições a preços promocionais. O endereço é:
http://www.leitura.com/descricao.php?id=460432&n=SOLAR_RENASCIMENTO

O amigo Ismael, lá das terras de España, escreveu um longo ensaio sobre o novo Solar. Em seu texto, ele faz uma leitura simbólico-psicológica desse herói cultural. Leitor atento, Ismael até adivinhou um elemento que estará presente na continuação da história. Para conferir o texto, acesse: http://huesodeaceitunayreductoresdecabezas.blogspot.com/2009/04/el-heroe-cultural-de-srbek-y-rubens.html

No jornal Estado de Minas de domingo, 26 de abril, o jornalista e crítico de arte Marcello Castilho Avellar publicou uma ótima resenha de Solar: Renascimento. O texto relaciona a nova versão do herói com sua versão original, ressaltando a poética que temos no encontro de meu roteiro com os desenhos de Rubens Lima. Para ler a crítica, basta clicar na imagem que ilustra esta postagem.

Na edição da Folha de São Paulo de segunda-feira, dia 13 de abril, também foi publicada uma matéria sobre Solar: Renascimento. Em seu texto, o jornalista Pedro Cirne ressaltou o caráter diferenciado do personagem, em relação aos demais super-heróis. Quem quiser conferir, pode ler uma versão digital aqui:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u549731.shtml

Também pode ser conferido online o texto que Lielson Zeni escreveu para o Universo HQ. Em sua resenha, ele apresenta uma perspectiva original sobre os porquês de o personagem Solar não ser chamado de super-herói:
http://www.universohq.com/quadrinhos/2009/review_SolarRenascimento.cfm

Abraço e até a próxima!

12 comentários:

Renata disse...

Poxa! eu, primeira de novo? hahahahaha

que "perseguição", hein???

aêêêê!!! Solar na Folha??? Isso não me espanta! Solar tem muita qualidade... aliás, tô fazendo a maior propaganda nos fóruns de quadrinhos nos quais faço parte... hehehe...

Eu já sabia que seria um sucesso... não é a toa que comprei...

Quero o próximo númeroooooo!!!

Abraços e mais sucesso ainda!!!

//(^_^)\\

Wellington Srbek disse...

Primeira e, como de costume, divertida! Valeu demais por toda divulgação, Renata! Vamos torcer para que a continuação possa sair logo então.
Beijos!

Bongop disse...

Parabéns Wellington!
É sempre bom ver uma pessoa lutar por uma edição e conseguir!

Wellington Srbek disse...

Valeu, Bongop! O importante é que a revista ficou bacana e todo mundo está gostando e ficando com um gostinho de "quero mais".
Abraço!

Cleuber disse...

fico muito feliz por essa conquista amigao, voce e um cara que merece muito mais por isso, so pela incansavel luta que vc tem pela nossa tao sofrida classe. Parabens e que venha muito mais espaços pra voce.

Wellington Srbek disse...

Valeu pelas palavras, Cleuber!
Mal posso esperar para ver o livro do Arroz Integral que será lançado pela Marca de Fantasia!
Abraço!

Milson disse...

O personagem amadureceu, alias, vc amadureceu. O herói não é um super-herói, no que diz respeito aos clichês (roupa colante, dialogos, etc), ele salvou pessoas nessa edição "Renascimento" por que o sensato era salvalos, não por que "por trás de um grande poder têm uma grande responsabilidade". Cabe aos autores, mesmo que fazem personagem tipo super-heróis se libertar desta influências, ou pelo menos de parte destas influências. Parabéns.

Wellington Srbek disse...

Valeu, Milson! Legal ter gostado do novo Solar!
Como você disse, embora o personagem tenha suas raízes nos super-heróis, desde o início eu quis me descolar dos principais clichês desse gênero.
Sobre a questão do amadurecimento, uma coisa interessante que percebi é que, quando fiz o Solar original, o personagem era uns sete anos mais velho do que eu. Agora que lanço esta versão definitiva, a idade dele não se alterou, mas o Solar agora é uns sete anos mais jovem do que eu. Enfim, como você sugeriu, acho que o trabalho mostra mesmo meu amadurecimento pessoal e autoral.
Grande abraço e aguarde "Solo Sagrado"!

Thiago Mallet disse...

Ó!
Bom saber dessa mênção da Folha, que não tem o hábito de divulgar HQs.

Wellington Srbek disse...

Olá Thiago,
Não tenho acompanhado a Folha muito regularmente, mas creio que o Pedro Cirne tem feito uma cobertura de quadrinhos sempre que possível. E foi muito legal ele ter se interessado e escrito sobre uma HQ independente produzida aqui em BH!
Grande abraço!

Cinthya disse...

Oh, vou voltar a ler a Folha. Desde a polêmica da ditabranda, estava evitando esse jornal.
Parabéns, Wellington. Que bom que há jornalistas interessados pela produção feita fora de São Paulo.
Abraço!

Wellington Srbek disse...

Eh, Cinthya, anda rolando em vários lugares uma ondinha de revisionismo da Ditadura, o que é algo absurdo e no mínimo idiota!
O Pedro Cirne foi muito interessado e atencioso. Na verdade, ele até mesmo comprou a revista (se eu soubesse que era para uma matéria de jornal, teria enviado de graça).
Já os jornais aqui de BH (que receberam a revista de graça), até onde pude ver não deram nenhuma materiazinha sobre o lançamento...
Abraço!